Viver “Mindfully”

Viver “Mindfully”

Quantas atividades você consegue fazer ao mesmo tempo? Tente contar. Em geral até com certa precisão, não é verdade? Sim, é verdade que a vida moderna nos tem ensinado a multiplicidade de tarefas até por uma questão de necessidade. Nos falta tempo, nos sobram afazeres e os recursos estão aí, é uma tentação.

O termo “multitasking”, da língua inglesa, veio para definir este novo estilo de vida. A grande maioria das pessoas, especialmente os mais jovens, consegue dirigir, falar ao telefone e ouvir música ao mesmo tempo sem maiores problemas. Ou assistir televisão estudando? Fazer ginástica conversando sobre assuntos diversos, cozinhar comprando passagem aérea, e por aí vai. Vivemos no “piloto automático” e muitas vezes acabamos não lembrando se fizemos isso ou aquilo, porque nossa atenção simplesmente está em outro lugar.

A maioria de nós dirá que se acostumou a viver assim. Mas os cientistas estão alerta contra as consequências maléficas deste hábito. Em primeiro lugar, o resultado das tarefas executadas sem atenção nunca é o melhor que se pode obter; mas sabe-se também que o “multitasking” é uma fonte garantida de stress, podendo até resultar numa grande variedade de acidentes. Vivemos cerca de 50% do nosso tempo com a atenção repartida entre focos múltiplos, vagando entre passado, presente e futuro, sem uma conexão maior com o momento que estamos vivendo.

Uma das respostas a este estilo de vida é o “Mindfulness”, ou Atenção Plena em português, prática que ajuda a trazermos o foco da atenção para o momento presente em nossa vida. Se pararmos para pensar, a única realidade possível é o momento presente, então como estar bem, pleno, sem um engajamento completo a essa experiência? Para se adquirir a prática do Mindfulness como um hábito, é necessário treinamento através de exercícios, técnicas meditativas específicas ou programas de treinamento com este conceito. A prática é simples, e pode começar com um exercício de 5 minutos. O importante é estar consciente do momento presente, sem julgamento, crítica ou reação.

Entre os benefícios comprovados da prática de Mindfulness, estão a redução do cortisol (hormônio do stress), melhora nas funções cognitivas e na memória, melhora na qualidade do sono, desaceleração do processo de envelhecimento, alívio da ansiedade, entre outros.

E, como não, uma melhora significativa no aprendizado e domínio de uma nova habilidade.

Vamos meditar “mindfully”?

Você também pode gostar

Deixe um Comentário