Olá, meu nome é Vera Freitas, sou natural de São Paulo, Brasil, professora por formação e mãe de duas jovens. Cresci em uma família cheia de professores e escritores de onde herdei um dom e o apreço pela educação. Filha de pai europeu, sempre mantive os olhos no mundo lá fora. Assim, minha escolha profissional veio com naturalidade: educação e língua estrangeira.

Esta tem sido minha rotina, meu ofício, minha missão por mais de metade da minha vida, o que me trouxe ainda a realização de outro dom: o relacionamento humano. Estar em contato direto e contribuir para o crescimento e o desenvolvimento do outro é uma experiência inigualável.

Mas curiosa e agitada que sou, mantenho sempre a porta aberta às mudanças, à evolução. Depois de muitas solicitações dos alunos de treinamento para uma entrevista de trabalho, um discurso, uma viagem, resolvi me aprimorar; foi quando descobri uma formação inovadora na Europa, que me conduziu ao Neurolanguage Coaching® (marca registrada nos EU e Europa em nome de Rachel Marie Paling). A partir daí uma porta se abriu e a menina curiosa entrou abrindo outras portas, que me levaram às infinitas possibilidades existentes ao cérebro humano pronto a evoluir. Abracei o mundo do Coaching, não apenas o Language Coaching, mas o Life Coaching e o Coaching Vocacional.

Minha missão hoje é contribuir para o desenvolvimento e a evolução das pessoas seja na área profissional ou na área pessoal; seja para treinamento específico de uma habilidade em inglês, seja para um maior autoconhecimento, a solução de uma questão pessoal difícil, ou o encontro de um caminho profissional. O mais importante é saber que não há nada que o ser humano não consiga com foco, fé e determinação.

Me considero uma profissional abençoada, pois consigo exercer um trabalho que engloba meus dons, talentos e paixões: as línguas, o ensino, o treinamento de pessoas, as relações humanas, o autoconhecimento, o desenvolvimento dos dons e talentos do outro.

Sou grata a cada um que cruzou meu caminho para aprender ou se desenvolver, porque eu aprendi e me desenvolvi com eles. Cada um teve seu papel, e está na minha memória como um tijolinho na obra da minha vida. Aos que ainda não conheço, convido a mergulhar nesta viagem interior do mundo do Coaching. Ficarei muito feliz com o seu contato!